Maria Beatriz Furtado
Eventos
Artigos
Eventos
UFC Canadá

UFC Canadá

Hoje tem mais UFC e contamos com o cowboy Cerrone na principal e também com quatro brasileiros no card.

Bom, eu já devo ter falado diversas vezes aqui que sou fã de Donald Cerrone, então sou suspeita para falar qualquer coisa. Mas convenhamos, o cara já é uma lenda do mma. Trabalha demais, aceita qualquer parada. Enquanto ele está lá na quarta luta no ano tem gente que nem lutou ainda... Enfim, sabemos que no esporte o tempo passa mais rápido que o normal e ele já passou do seu auge, mas pelo seu histórico também não se pode duvidar de sua resiliência. Ele declarou também nem estar pensando em parar no momento, que ama o que faz. Só que seu oponente é a pedreira Justin Gaethje, com 20 vitórias e apenas 2 derrotas, aquele cara que a gente conhece o estilo de sempre ir buscar luta, brigador nato. A questão é saber se algum golpe dele vai entrar no início da luta, ou se Cerrone sobrevive e consegue dominar durante o tempo.

1brasil.jpg


No coevento principal teremos nosso grande Glover Teixeira, beirando seus 40 anos, enfrentando o jovem Nikita Krylov. O favorito é o ucraniano de 26 anos, embora o brasileiro aguente muita pancada e tenha muita habilidade e experiência no chão. Glover busca a terceira vitória consecutiva e ainda não desistiu do cinturão. Além disso, já falou a pretensão de acabar rapidamente com essa luta, seja por nocaute ou finalização.

Michel Pereira é outro representante do nosso país que estará no octógono encarando Tristan Connely. Ele estreou este ano na organização, muito bem por sinal, e diz que ainda tem muito o que mostrar. Com um jeito característico de lutar, ganhou o apelido de "paraense voador". Já criamos expectativa.

Antonio Cara de Sapato também estará lá com um novo desafio pela frente. Ele encara o jamaicano Uriah Hall, que já tem uns belos nocautes na bagagem de vitórias, enquanto o forte do brasileiro é a finalização. Resta saber pra qual curso vai a luta, se no chão ou em pé, e ver quem leva a melhor. Ambos foram participantes do TUF.

Para completar o time do Brasil temos Antonio Sakai, no card preliminar, enfrentando o polonês Marcin Tybura. Sakai foi descoberto ano passado no reality do Dana White, o Contenders Series e já ocupa o número 15 no ranking dos pesados, e seu oponente está logo acima no 14.

 

 

Maria Beatriz Furtado
Paulista, bancária se aventurando no mundo da escrita, sobre um assunto que tanto gosta,MMA, com a maior espontaneidade possível.