Maria Beatriz Furtado
Eventos
Artigos
Eventos
UFC Calgary: como foi

UFC Calgary: como foi

UFCCALGdownload%20(1).jpgUFC-On-Fox-30-298x186.png

 

O campeão voltou!

Tivemos boas performances, e claro, muita felicidade ao ver Aldo vencer.

No card preliminar, vale ressaltar a luta entre John Makdessi e Ross Pearson, uma verdadeira guerra. Incrível como Pearson não pára de ir pra frente, mesmo depois de machucado e cansado. Sempre com esse tipo de performance, ele não recuou e foi até o final, mesmo quando Makdessi apontou pro árbitro ao ver o corte profundo bem na boca dele. Fez todos os rounds, e deu Makdessi na decisão unânime, mas Pearson mostrou que mesmo perdendo é um lutador que vale a pena assistir. 

E o outro brasileiro da noite, Matheus Nicolau, começou a luta bem, mas acabou sendo nocauteado por Dustin Ortiz depois de um chute, ainda que na guarda, no primeiro round.

Iniciando o card principal, Olivier Aubin-Mercier abriu a luta com o seu jogo tentando levar a luta pra baixo onde tem o domínio e até conseguiu levar vantagem no primeiro round. Mas no decorrer dos rounds a situação mudou e Alexander Hernandez foi crescendo. No terceiro a luta estava bem monótona e os dois muito cansados, mas Hernandez se defendeu bem, conseguindo amarrar o jogo e no final das contas, levou na decisão unânime.

Na luta feminina, Tecia Torres foi inferior em todos os rounds, sendo dominada pela ex-campeã, Joanna Jedrzejczyk, que venceu de forma esperada na decisão unânime dos juízes. Nada de mais, nada de menos. 

E, enfim, chegou a hora do campeão do povo, José Aldo. Numa volta focado e confiante, surpreendeu a todos com um lindo nocaute, depois de acertar um golpe duríssimo no corpo de Jeremy Stephens, que sentiu na hora e caiu em seguida, levando à interrupção do árbitro.  Antes disso, a luta estava bem dura, teve um momento inclusive em que Stephens conectou bons socos e aposto que muitos brasileiros tremeram na base, porque Aldo ficou em maus lençóis. Confesso que eu mesma não estava confiante nele, e nessa hora achei que ia ficar por ali. Mas, ainda bem que "o campeão voltou" e tudo deu certo no final, com o tko ainda no primeiro round. Aldo chorou quando acabou, e mais uma vez correu para a platéia, abraçando sua esposa ali embaixo. Foi bacana de se ver.

A luta principal foi como prevíamos, de acordo com as características dos dois, Eddie Alvarez e Dustin Poirier, mais uma vez seguindo até seus limites, naquela luta boa de assistir. Poirier fez um bom primeiro round, achando a distância, mas golpes tinham dos dois lados. No segundo round, ele tentou finalizar Alvarez, pareceu bem perto disso aliás, até que conseguiu de outra forma, após acertar uma sequência de golpes fortíssima que o levou à vitória. Bem que a luta até poderia durar mais pra continuar com o entretenimento, mas também nesse ritmo algum dos dois ia cair. Quem foi de Poirier por nocaute no segundo round, venceu a aposta.  

Por hoje é isso, gente.

Seguem abaixo os resultados completos. 

CARD PRINCIPAL 


Dustin Poirier venceu Eddie Alvarez por nocaute técnico no segundo round
José Aldo venceu Jeremy Stephens por nocaute técnico no primeiro round
Joanna Jedrzjeczyk venceu Tecia Torres por decisão unânime (30-27)
Alex Hernandez venceu Olivier Aubin-Mercier por decisão unânime (30-27)

CARD PRELIMINAR 

Jordan Mein venceu Alex Morono por decisão unânime (30-27 )
Hakeem Dawodu derrotou Austin Arnett por decisão unânime (30-27)
Islam Makhachev derrotou Kajan Johnson por finalizaçãoaos 4:44 do primeiro round
Ion Cutelaba derrotou Gadzhimurad Antigulov por nocaute técnico aos 4:52 do segundo round
John Makdessi derrotou Ross Pearson por decisão unânime (30-26, 29-27, 29-28)
Katlyn Chookagian derrotou Alexis Davis por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28)
Dustin Ortiz derrotou Matheus Nicolau por nocaute aos 3:49 do primeiro round
Nina Ansaroff derrotou Randa Markos por decisão unânime (29-28)
Devin Powell derrotou Alvaro Herrera por nocaute a 1:52 do primeiro round


 

Maria Beatriz Furtado
Paulista, bancária se aventurando no mundo da escrita, sobre um assunto que tanto gosta,MMA, com a maior espontaneidade possível.