Maria Beatriz Furtado
Eventos
Artigos
Eventos
Sábado de MMA

Sábado de MMA

Bom sábado para nós que curtimos lutas. Hoje tem UFC e Bellator. É o dia que a gente fica com a mão no controle no horário foco.

No UFC teremos a luta principal com um dos nossos. Renato Moicano enfrenta o duríssimo Zumbi Coreano. Embora o brasileiro esteja como favorito por aí, é uma luta bem difícil de passar. Zumbi vem de uma derrota muito incomum, da luta contra Yair Rodrigues, quando literalmente nos últimos segundos do último round foi nocauteado com uma cotovelada invertida na pura sorte (afinal o coreano estava vencendo a luta nos pontos). Quem assistiu com certeza não esquece desse combate. E não é à toa que ele tem esse apelido, que justamente se dá pelo fato de mesmo levando golpes fortes ele consegue se manter em pé e indo para frente. Mas, vamos ver como o Moicano se sai diante desse desafio, o deixando mais próximo na corrida pela disputa do cinturão dos penas.



Bryan Barberena e Randy Brown subiram para o coevento principal para substituir a do John Lineker contra Rob Font que foi cancelada, devido Lineker ter sofrido um corte na sobrancelha em um treino. Grande perda para o card. 


Já no Bellator teremos a luta principal entre Gerard Mousasi e Rafael Lovato Jr. 

O campeão vai buscar a segunda defesa de seu cinturão, na divisão dos médios, dessa vez com o americano faixa-preta de jiu jitsu.
Sou totalmente parcial quando se fala em Mousasi, meu ídolo especial, rs...  mas sei que preciso falar sobre Rafael também, que está invicto no MMA até o momento. Competidor de alto nível na lita de chão, fez sua estreia nas artes marciais mistas em 2014, vindo para o Bellator em 2017. 
Gerard tem uma bagagem grande no MMA, com 53 lutas no cartel e apenas 33 anos de idade. Conhecido pelo seu jeito frio de ser e de lutar, ele já declarou abertamente que fez isso pelo dinheiro e não pelo amor ao esporte. 



Nosso querido Erick Silva será outro lutador presente no card principal da noite, enfrentando Paul Daley, que também já passou pelo UFC. 
Daley vem de duas derrotas no próprio Bellator, enquanto o mineiro após sair do UFC, estreou no LFA com uma vitória por finalização ainda no primeiro round e depois acabou perdendo por pontos em sua estreia na organização atual. Estaremos aqui na torcida pelo brasileiro, como sempre!

Um ótimo fim de semana a todos!

Maria Beatriz Furtado
Paulista, bancária se aventurando no mundo da escrita, sobre um assunto que tanto gosta,MMA, com a maior espontaneidade possível.