Seiichi Hissamura
Fotógrafo: Internet
Memória MMA
Artigos
Memória MMA
Rodrigo Minotauro vs. Bob Sapp

Rodrigo Minotauro vs. Bob Sapp

sapp.jpg
Foto: Internet

O Pride Shockwave foi realizado no Estádio Nacional de Tóquio (JAP), em 2002, e o maior público da história do MMA - 71 mil presentes oficialmente e 90 mil extraoficialmente - assistiu à épica vitória de Minotauro.

Essa é uma das lutas mais emblemáticas do tradicional "só o jiu jitsu salva", em uma época em que o MMA ainda era o Vale-Tudo, pisões, tiros de metas e bate estacas eram permitidos. E foi justamente o bate estaca que impressionou a todos logo no início da luta, quando, sem estudo nenhum, Minotauro se lançou nas pernas do gigante americano, que laçou a cintura do brasileiro, o levantou e arremessou sem dó nem piedade de cabeça no chão do ringue! Muitos teriam apagado na hora ali (a cena foi impressionante!) mas Minotauro seguiu no combate.

Era visível a estratégia de Minotauro em levar a luta pro solo, mas Bob Sapp estava ligado na "maldade" do brasileiro, e tinha feito bem a sua lição de casa ao defender todas as quedas, utilizando-se do sprawl (movimento feito no tempo correto, quando o adversário se lança para pegar uma ou duas pernas, jogando as pernas para tráse o peso do corpo em cima do adversário). Mas era nesses momentos do sprawl, e aproveitando que Sapp, ao invés de se levantar, ficava no ground n' pound (quando o lutador, no solo, fica por cima desferindo golpes), que Minotauro por algumas vezes conseguiu rodar por baixo das axilas do americano, movimento básico e eficiente do jiu jitsu, e ensaiou um triângulo e arm-locks...

E assim seguia a luta, neste script, até que, no 3º round, Minotauro, por baixo, conseguiu uma reversão e acabou por cima, já pegando o braço de Bob Sapp e ajustando um arm-lock, que, para delírio dos mais de 70 mil presentes, fez o gigante dar os 3 tapinhas. Muito castigado por ter passado quase a luta inteira sendo amassado que nem bife no ground n' pound, Rodrigo Minotauro mostrou ao mundo que, além de ter um coração e coragem enormes, "SÓ O JIU JITSU SALVA"

Curiosidade: no ano passado, o Sensei Combate reuniu Minotauro e Bob Sapp no Rio de Janeiro, na academia do brasileiro no Recreio dos Bandeirantes, para falarem um pouco sobre cada minuto da luta, que teve duração de dois rounds. Antes de ficar cara a cara com o antigo rival, o peso-pesado baiano revelou que chegou a sentir medo antes do confronto e que, apesar de não ter sido uma disputa de cinturão, foi seu duelo mais importante na carreira.
- "Dizem que lutador não pode sentir medo, mas, nessa luta, eu senti sim. Me perguntam o que eu pensei, só que nessas horas não pode pensar muito. Se pensar muito, dá uma amarelada. Com certeza, foi a luta mais importante da minha carreira. Não foi uma disputa de cinturão, mas uma disputa entre dois dos maiores atletas de MMA, nos dois maiores eventos do Japão" - afirmou Rodrigo "Minotauro" Nogueira, ex-campeão do Pride e do UFC.

Minota acabou ficando com uma sequela no pescoço devido ao bate estaca recebido na luta, mas nada que o atrapalhou em seguir sua vitoriosa carreira. Apenas mais uma lesão na vida de um atleta de altíssimo nível.

Rodrigo Minotauro atualmente é executivo do UFC, e ao lado de Dana White, assessora o todo-poderoso do UFC nas escolhas dos candidatos a um contrato com a organização na versão brasileira do The Contender Series Brazil, que vocês podem acompanhar todo domingo, na resenha semanal aqui do site.

Ótima semana a todos e até o próximo Memória do MMA!

Seiichi Hissamura
Paulista, ex atleta profissional, treinador de lutas e artes marciais. Responsável pelas análises técnicas.