Maria Beatriz Furtado
Eventos
Artigos
Eventos
Pós UFC Wichita

Pós UFC Wichita

Outro UFC foi pra conta e ficamos com um saldo de 2x1 para o Brasil!

Nas lutas principais da noite os dois brasileiros tiveram (muito) sucesso e emplacaram vitórias bem antes do tempo total previsto!

No coevento principal, Elizeu Capoeira já começou dominando a luta e levou pro chão, conseguindo finalizar Curtis Millender ainda no primeiro round, na técnica e anulando totalmente seu adversário que também vinha de bela sequência na organização. Sendo assim, ele que já estava no top 15 conquista mais degraus na escalada, nessa difícil categoria dos médios.

1ElizeuCapoeira-Facebook-ufc.jpg

Cigano fez uma ótima luta com Derrick Lewis, nada própria de pesados, com bastante agilidade de ambas as partes. Após um golpe abdominal de Cigano, Lewis aparentemente sentiu mas na aproximação ele deu o bote, deixando em dúvida se estava fingindo ou não. Se ainda não tinha sentido até então, logo após não teve jeito e mais um nocaute na lista do nosso Junior dos Santos, no segundo round. Não deu para a "besta negra" e Cigano emplaca sua terceira vitória consecutiva.
Vale comentar que ao final da luta Cigano fez o público cantar junto Parabéns para o seu filho que estava fazendo aniversário. Fofo. 

A luta de Tim Means e Niko Price foi sensacional. Price conectou bons golpes logo no início da luta, mas em seguida levou a pior, com Means levando pro chão e dominando a maior parte do round, inclusive quase nocauteando faltando pouco para acabar, quando nos dez segundos finais, após levar um knock down, um golpe certeiro de Price o salvou, levando Means à lona. Reviravolta atrás de reviravolta.

Blagoy Ivanon levou numa decisão controversa no confronto com Ben Rothwell retornando ao octógono. Luta bem morna.

Beneil Dariush conquistou uma linda finalização sobre Drew Dober.

E no card preliminar o terceiro brasileiro da noite, Serginho Moraes, infelizmente acabou perdendo na decisão para Anthony Rocco Martin. 

Confira todos os resultados:

CARD PRINCIPAL

Peso pesado: Junior Cigano venceu Derrick Lewis por nocaute aos 1:58 do 2º round

Peso-meio-médio: Elizeu Capoeira venceu Curtis Millender por submissão aos 2:35 do 1º round

Peso-meio-médio: Niko Price venceu Tim Means por nocaute, aos 4:50 do 1º round

Peso-pesado: Blagoy Ivanov venceu Ben Rothwell por decisão unânime

Peso-leve: Beneil Dariush venceu Drew Dober por submissão (triângulo), aos 4:41 do 2º round

Peso-médio: Omari Akhmedov venceu Tim Boetsch por decisão unânime

CARD PRELIMINAR

Peso-meio-médio: Anthony Rocco Martin venceu Serginho Moraes por decisão unânime

Peso-galo: Yana Kunitskaya x Marion Reneau por decisão unânime

Peso-leve: Grant Dawson venceu Julian Erosa por decisão unânime

Peso-pesado: Maurice Greene venceu Jeff Hughes por decisão dividida

Peso-galo: Matt Schnell venceu Louis Smolka por submissão aos 3:18 do 1º round

Peso-meio-médio: Alex Morono venceu Zak Ottow por submissão aos 3:34 do 1º round

Peso-leve: Alex White venceu Dan Moret por decisão unânime
 

Maria Beatriz Furtado
Paulista, bancária se aventurando no mundo da escrita, sobre um assunto que tanto gosta,MMA, com a maior espontaneidade possível.