Maria Beatriz Furtado
Eventos
Artigos
Eventos
Ninguém para Cyborg

Ninguém para Cyborg

CrisCyborg-Kunitskaya-Facebook-UFC.jpg

Mais uma vitória pra conta da Cyborg, como previsto, mas antes disso tivemos muitas outras atrações.

Na quarta luta do card preliminar pudemos ver uma situação inusitada. Hector Lombard conectou um jab e um cruzado quase levando CB Dollaway a nocaute, só que um detalhe,após o soar do gongo do final do primeiro round. Isso mesmo, o médico entrou para avaliar as condições de Dollolaway e concluiu que ele não podia continuar a luta. Sendo assim, acabou vencendo por desqualificação de Lombard.

Infelizmente não deu para o brasileiro Pedro Munhoz, que perdeu por decisão para o John Dodson.

A brasileira/americana Mackenzie Dern não conseguiu a finalização mas venceu, também por decisão, Ashley Yoder. Ela pretende voltar ao octógono no UFC no Rio, em maio.

Iniciando o card principal, Ketlen Vieira foi dominante a luta inteira com Cat Zingano , mas ainda assim ganhou por decisão dividida.

Sean O'Malley teve uma ótima performance contra Andre Soukhamthath, ganhando por decisão, mas fez a entrevista no chão, após uma lesão no tornozelo no final da luta, com atendimento médico ali ao lado mesmo.

A luta dos pesados foi morna como já era o esperado, mas Arlovski mostrou melhor performance que em suas últimas lutas e foi superior a Struve, conquistando a vitória por decisão unânime. 

Mas a grande surpresa da noite foi Brian Ortega, que conseguiu a façanha de ser o primeiro oponente a nocautear Frankie Edgar, que até então só tinha perdido por decisão. Ainda invicto, Ortega terminou a luta ainda no primeiro round, de um cara que estaria disputando cinturão se não fosse pela lesão de Holloway, ganhando de vez mais espaço na categoria.

Concluindo a noite, nada mais previsível que outra defesa de cinturão para Cyborg, que calmamente conseguiu sair do jogo agarrado da estreante no UFC Yana Kunitskaya, e a nocauteou também no primeiro round. Ela já aceitou o desafio feito por Amanda Nunes. Será que alguém pára Cris Cyborg?

Veja os resultados completos: 

CARD PRINCIPAL 
Cris Cyborg venceu Yana Kunitskaya por nocaute técnico aos 3m25 do 1º round; 
Brian Ortega venceu Frankie Edgar por nocaute aos 4m44s do 1º round
Sean O'Malley venceu Andre Soukhamthath por decisão unânime 
Andrei Arlovski venceu Stefan Struve por decisão unânime 
Ketlen Vieira venceu Cat Zingano por decisão dividida 

CARD PRELIMINAR 
Mackenzie Dern venceu Ashley Yoder por decisão dividida 
Alexander Hernandez venceu Beneil Dariush por nocaute aos 42s do 1º round; 
John Dodson venceu Pedro Munhoz por decisão dividida 
CB Dolloway venceu Hector Lombard por desqualificação (golpe ilegal após o final do 1º round)
Zak Ottow venceu Mike Pyle por nocaute técnico aos 2m34s do 1º round; 
Cody Stamann venceu Bryan Caraway por decisão dividida
Jordan Johnson venceu Adam Milstead por decisão dividida

Maria Beatriz Furtado
Paulista, bancária se aventurando no mundo da escrita, sobre um assunto que tanto gosta,MMA, com a maior espontaneidade possível.