Cintia Lessa Lima Cancellier
DIÁRIO EFICIENTE
Artigos
DIÁRIO EFICIENTE
Jiu-jitsu virou vício!

Jiu-jitsu virou vício!

  

         Gostaria de descrever cada treino que tive durante a semana, cada exercício específico e  descobertas motoras. Foram seis dias de treino com meus quatro professores (Vitor, Eder, Dinha e Vassouoras). Cada um  com suas tecnicas, abordagens, propostas e idéias que só me faz ficar mais e mais apaixonada pelo jiu-jitsu. Começo o texto agraecendo cada um, por tudo, exatamente tudo que temos feito e todos os ganhos conquistados.

            A possibilidade que tenho de fazer diversos treinos distindos mas com o mesmo objetivo, melhorar a mobilidade está sendo sensacional. O leque de exercícios que o jiu-jitsu oferece e cada desafio que meus professores me propõem, parece estar despertanto músculos adormecidos e movimentos esquecidos. Claro que não posso deixar de falar, dos  treinos de musculação que o Eder me passa durante a semana, essencial para "a vida".

            Treino de sexta feira com meu Mestre Vassouras foi muito bom como sempre. Iniciamos com a gangorra, que antigamente era "enferrujada" e agora flui super bem. Seguimos com fuga  e elevação do quadril com os pés na parede. Depois fizemos um exercício novo, para melhorar a "esgrima"...Meu Deus! Parecia que meus ombros iam cair, mas entendi bem o objetivo do movimento do empurra empurra de ombros e tronco superior. Ficamos de joelhos um de frente para o outro com o objetivo de sempre reposicionar o braço embaixo do braço do "coleguinha". Foi uma guerra literalmente, mas muito legal. Treinamos varias vezes o Armlock e a Kimura até chegar a parte mais divertida, os rolas!

            Sempre me desespero e esqueço tudo o que treinamos há segundos atrás, mas vou pra luta e tento fazer o melhor que posso. Brinco com o meu mestre  falando que me sinto uma presa facil na boca do jacaré, porque ele pega e começa a rodar o bicho, aí eu lembro durante as piruetas.

            Tenho certeza que essa mistura de treinos, milhares de exercícios, empolgação e superação só podem fazer bem e muito bem. Uma questão muito importante pra mim é o equilíbrio. Tenho bastante dificuldade pela lentidão dos passos, dissociação de cintura e o medo de cair . Esse trabalho a Dinha tem feito desde o inicio, me incentivando a andar de um lado para o outro sem apoio, começando as lutas em pé e outros exercícios. Hoje, descobri que já consigo olhar para trás sem ter que apoiar as mãos em nada. Parece bobagem né, mas não é não!

           

            Estou cada dia mais encantada com o jiu-jitsu.

            Agradeço a dedicação de cada um de vocês (Dinha, Eder, Vassouras e Vitor).

Cintia Lessa Lima Cancellier
Fisioterapeuta, Mestre pelo IAMSPE (área de neuro-reabilitação ), autora do Livro - Exercícios e Posturas para o paciente com sequela de AVC e outras doenças neurológicas. Especialista pela Santa Casa de Misericórdia em Fisioterapia neuro-múscoloesquelética. Pós Graduada pela Gama Filho em Fisioterapia Cardiorrespiratória.
Apaixonada por desafios.
Atleta amadora !